Órgãos Reguladores

Órgãos reguladores e fiscalizadores terão a oportunidade de dialogar abertamente com agentes regulados e seus representantes (associações e sindicatos) e com o público em geral a respeito de regras, medidas e propostas regulatórias para o setor de energia. A ideia é convergir a uma interação mais benéfica entre Governo, Indústria e sociedade, de modo que sejam discutidas e estabelecidas estratégias com um alto grau de inteligência, adaptabilidade e eficácia para equacionar novos cenários e desafios da regulação (econômica, energética e ambiental), colocando particular enfoque na harmonização de interesses públicos e privados; no aumento da produtividade, competitividade e concorrência dos subsetores energéticos; na obtenção do equilíbrio econômico-financeiro, dentre outros pontos.